CHEGADA A ESCOLA CAIÇARA DA JURÉIA – CACHOEIRA DO GUILHERME

10916382_10205359597261390_8783622221729243160_o

Decorridos uns quarenta minutos, chegamos ao encontro das águas da Cachoeira do Guilherme com as do Rio Comprido. O motor foi reduzido por Joaquim [barqueiro] cessando o vento que soprava em nossos rostos. Em ritmo lento fomos adentrando a cachoeira acima. A nossa frente, uma placa branca, pressa nos galhos de uma árvore, posicionava-se no meio da passagem. Nela estava escrito: “Bem Vindo à Cachoeira do Guilherme”. Agradeci silenciosamente a acolhida enquanto a expectativa da chegada aumentava. Os galhos das árvores se estendiam por cima do leito da cachoeira formando um túnel por onde navegávamos entre folhas e flores que flutuavam na superfície escurecida pelos arvoredos contribuidores daquela calma e peculiar paisagem. À frente, uma curva a esquerda permitiu que eu avistasse a primeira casa. Dela saiu um senhor de estatura mediana que caminhava próximo à margem. Parecia que nos esperava há algum tempo. Aproximamo-nos dele e levantando o braço respondi o sinal que me fizera. Era o Senhor Pradel, conhecido violeiro da região. Passamos em frente a sua casa e seguimos adiante. Logo adiante, em meio às canoas, Joaquim aportou o barco levantando o motor de popa. Descemos com as mochilas recebendo ajuda que pessoas que estavam por ali preparando a fogueira de São João. Pelo terreiro limpo e povoado por juçaras reconheci o rosto de dona Alicia na janela desejando Bem Vindo. Entramos e acomodamos as mochilas nos bancos da sala e seguimos para a cozinha a convite de Dinei, esposa de Joaquim. Na companhia de um café no bule fomos descansando ao embalo da oralidade caiçara… Assim foi minha chegada à comunidade da Cachoeira do Guilherme para meu ofício de Professor, em 2003. – Paulo Cesar Franco, professor de filosofia e educador social na AJJ

Anúncios

Sobre ajjureia

"Sou fruto da necessidade de defender os direitos, de gerar alternativas para melhoria de vida e de resgatar e divulgar a riqueza da cultura tradicional caiçara".
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para CHEGADA A ESCOLA CAIÇARA DA JURÉIA – CACHOEIRA DO GUILHERME

  1. Silvia Ikegami disse:

    Um lindo inicio desse oficio de ensinar, parabéns Professor Paulo e obrigada por mais essa contribuição literária.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s